Meus looks no Minas Trend + resumão!

MODA
Foto: Rafael Chacon / FOTOSITE

Quem me acompanha fora aqui no blog, deve ter visto que fiz minha primeira visita à Belo Horizonte a convite do sistema FIEMG para cobrir e participar da edição de inverno desse ano do Minas Trend. Foi minha primeira vez no evento e posso dizer que amei, sim ou com certeza!?

Pra quem não sabe do que se trata, o Minas Trend é um evento que acontece no Centro de Convenções Expominas e é o maior exemplo de união do mundo fashion, desde a passarela até os expositores e lojistas. São váaarias marcas reunidas num lugar só, marcas mineiras incríveis e marcas de fora de Minas também, mas que expõem por lá!

Posso dizer, com toda certeza, que foram dias beeem intensos, mas muito muito gratificantes, porque nada como uma nova experiência em um lugar totalmente novo pra deixar a gente cheia de ideia e super animada, né!? Fiquei em BH de segunda a quinta e participei da festa de abertura e de todos os dias de desfile, além de ter tido a oportunidade de rever marcas que eu já conhecia, além de conhecer muuitas outras!

Foto: Gabriel Colombara / FOTOSITE

E, óbvio que eu não ia deixar vocês por fora desses meus dias de Minas Trend, então, trouxe aqui um resumão do que foram esses meus dias por lá, com um pouco dos desfiles que eu assisti e, claro, dos looks que eu usei, olhem só:

Foto: Zé Takahashi / FOTOSITE

Conjunto: Fedra | Brincos: Claudia Arbex | Sandália: Santa Lolla

Cheguei na segunda e a ordem do dia era me aprontar pra festa de abertura e comemoração aos 10 anos do Minas Trend! A escolha do look não foi das mais difíceis, já que eu TINHA QUE SER de uma marca mineira e a Fedra foi a escolha certeira… Sim ou com certeza? Como a ideia foi algo bem verãozão e com muita estampa, a aposta foi na pegada garota tropicaliente no look, na make e no cabelo com um ar bem fresh + latino e acho que deu certo, não concordam!?

E quando o desfile de abertura começou senti aquele misto de animação/acerto, afinal, tem cor que remete mais ao tropicaliente do que o vermelho? Mesmo vermelho que eu já tinha mostrado nas tendências do SPFW que vai vir em peso no verão e, que por tudo que vi no MT vai reeeeinar no inverno também, viu!? O desfile foi uma homenagem ao compositor mineiro Fernando Brandt com looks das marcas participantes do evento, que celebrou as riquezas naturais e culturais de Minas Gerais!

Foto: Zé Takahashi / FOTOSITE
Foto: Zé Takahashi / FOTOSITE

Diferente do que o pessoal que faz semana de moda (me incluo nisso também) está acostumado, os desfiles no Minas Trend são feitos de 2 em 2. Ou seja: a gente senta assiste a um desfile e logo após, já tem outro desfile, tudo na mesma sala!

O primeiro combo de desfiles do 1º dia oficial de Minas Trend foi SINDIJOIAS e Lucas Magalhães. O SINDIJOIAS apresentou um desfile coletivo com as marcas Caleidoscópio, Claudia Arbex — minhas parceira e amiga talentosa! —, Hector Albertazzi, Lázara e Marieta Rigoni com looks da Madreperola e calçados Jaílson Marcos e foi bem eclético, com visual desde o mais barroco até o minimal contemporâneo, sempre destacando a identidade de cada marca!

Lucas Magalhães (uma marca que sou fã incondicionaaaal) veio com um emaranhado de texturas, técnicas e cores. Teve muita estampa gráfica, patchwork geométrico no jeans e uma cartela de cores com tons de azul bic, mostarda, fúcsia, preto e branco, com destaque pro visual andrógeno, já que a proposta do Lucas foi uma silhueta mais alongada e bem elegantona!

Foto: Zé Takahashi / FOTOSITE
Foto: Zé Takahashi / FOTOSITE

No segundo combo de desfiles do dia teve Mollet, marca especializada em moletom, e Natália Pessoa! A Molett focou no slow fashion que foi batizada de 404 com a ideia de transformar o erro em algo novo com uma pegada atemporal, oversized e futurista e foco total na fluidez de gênero, com peças que vestiam facilmente ele e ela em tons de vermelho, cinza, preto e branco. Ahhh, o desfile tava maravilhoso, mas pra mim, o destaque (além dos moletons) foi o óculos branco à la Kurt Cobain da Moon!

Aí com a Natália Pessoa a inspiração foram as obras de Tom Veiga junto com uma silhueta bem ajustada em estampas super tropicais para uma mulher bem sexy, elegante e com aquele quê de tropical até no inverno. Isso, sem falar nas aplicações manuais e no tanto de textura, como o vinil metalizado que fechou o desfile, que trouxe muito vermelho, rosa, verde e preto, sem falar, no sapato com decote em v, que complementou todos os looks e que é #trendalert reaaaal: a versão branca foi hit absoluto nas semanas de moda de Nova York e Milão 😉

Foto: Zé Takahashi / FOTOSITE
Foto: Zé Takahashi / FOTOSITE

E para encerrar o dia teve misto de casualidade e sofisticação com a Plural junto com delicadeza e feminilidade da Unity Seven em desfiles super diferentes, mas super lindos! A Plural veio com tons neutros, como cinza e preto, em tecidos como veludo (molhado ou canelado) e tweed junto com muita franja e tricô. Já a Unity Seven trouxe sua coleção de moda festa com um quê de Maria Antonieta cheia de babados, cores, estampas florais e renda para a passarela do Minas Trend!

Camisa: Reinaldo Lourenço | Jeans: Zara | Óculos: Lunetterie | Sandália: Santa Lolla

Blusa e saia: Lucas Magalhães | Bolsa: Serpui | Sandália: Santa Lolla

Já no quesito looks do dia, foram 2 diferentes, tá!? Para o primeiro pensei numa vibe vintage but cool com um mix de look bem fashionista com blusa/vestido + calça e um penteado super vintage com muito muito grampo na lateral do cabelo, que deu um truque de styling super legal e diferente na produção, não acham!? Aí pro look que usei para o desfile do Lucas Magalhães, mantive o penteado e troquei para uma produção de verão do Lucas p&b listrada com 2 pegadas de listra, uma mais fininha e uma mais larga e grossa, que deu aquele quê de fashionista!

Foto: Zé Takahashi / FOTOSITE
Foto: Zé Takahashi / FOTOSITE

O segundo e último dia de desfiles começou com tudo com o combo Bobstore + Led! A Bobstore veio com cara e time novos, já que agora quem está à frente do estilo da marca é a dupla André Boffano e Sam Santos e pra mostrar que eles chegaram com tudo, trouxeram um desfile bem bem cool e contemporâneo siiim! Com Sophie Charlotte na passarela, teve peças em couro — destaque para o couro mostarda maravitchoooso! —, com detalhes e amarrações para uma sensualidade prática, bem a cara da mulher dinâmica.

Já com a Led foi show de diversidade e cores reaaaaal, porque a gente ama sim! Com uma coleção que aposta na fluidez de gênero, trouxe uma cartela de cores bem ousada em tons de azul, laranja, verde e rosa, mixando linho com plástico, crochês e tramas… Já posso dizer que amei, sim ou com certeza, kiridaaan!?

Foto: Zé Takahashi / FOTOSITE
FOTO: ZÉ TAKAHASHI / FOTOSITE

Na segunda leva de desfiles do dia, teve Ronaldo Silveste e Chocker. A passarela de Ronaldo foi inspirada na maravilhosa Clarice Lispector, nas linhas orgânicas e estruturais da Vitória Régia e nas pinturas corporais indígenas, então, teve muita textura e transparência, viu!? Com sua cartela em preto, azul, laranja, vermelho, verde, amarelo e tons crus trouxe uma coleção com peças de seda, jeans, que faziam um movimento super lindo no corpo das modelos… Foi incrível de se ver ao vivo ♡

E a Chocker veio inspirada nos personagens da Commedia dell’Arte, o Pierrot (palhaço triste apaixonado pela Colombina) e o Arlequim (palhaço que seduz e rouba a Colombina do Pierrot), e por isso, trouxe um desfile quase todo em preto e branco com peças de alfaiataria naquela mesma vibe de fluidez de gênero! O que eu mais amei foram a camisas e camisetas com a estampa do rosto de palhaço, achei mara demais!!! 

Foto: Zé Takahashi / FOTOSITE

 

Foto: Zé Takahashi / FOTOSITE

Finalizando os dias de desfiles, veio Anne Est Folle e Manzan, marca de moda festa de Letícia Manzan. A Anne Est Folle veio com muita estamparia e tye die em seda e algodão puro junto com bastante sobreposição e tons vibrantes, como um alaranjado quase vermelho, azul royal, preto e verde militar. Detalhe que me deixou babando foram as parkas que predominaram para quebrar a fluidez dos looks!

E a marca de Letícia Manzan, a Manzan, levou todo mundo a um universo super misterioso com as modelos de máscaras de tule bordadas com contas, cheio coberto de brilho, contas, franjas e metalizado.

Top: Bobstore | Jaqueta: Bobstore | Jeans: Bobstore | Sandália: Santa Lolla | Óculos: Lunetterie

Top: PatBo | Jaqueta bomber: PatBo | Jeans: Zara | Óculos: Lunetterie | Sandália: Santa Lolla

Ahhh, e os meus looks do dia foram: uma produ total inverno 2018 da Bobstore super descolada para assistir ao desfile da marca e um mix bem cool com top + bomber da coleção de verão da PatBo com uma calça mom jeans beeem estilosa, que eu tô viciadéeeerrima!

E aí, gostaram do resumão dos meus dias no Minas Trend? E qual look vocês curtiram mais? Rolou um favorito??

ALGUMA OPINIÃO DO POST?

COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *